Educação Financeira

Como você lida com o dinheiro?

“Uma diretora financeira de grande empresa nacional, 45 anos de idade, tinha grande sucesso profissional, mas era um desastre na sua vida financeira pessoal, sempre sem dinheiro.”

É possível isso?
Além de ser possível, é até muito comum. Esta diretora descobriu que na infância havia “copiado”, inconscientemente, o “modelo de pobreza” da mãe, que distribuía tudo o que tinha para seus filhos e familiares, ficando sem nada para si mesma. Trouxe à consciência este “registro”, aprendeu a deletá-lo e criou uma estratégia financeira adequada ao mundo de hoje. Poucos meses após, estava plena e feliz com os resultados financeiros pessoais, afetivos e emocionais da nova vida. Não é milagre!
A forma que você lida hoje com o dinheiro expressa a sua maneira de viver. Esta forma tem raízes profundas na própria formação da sua pessoa, da sua forma de ser.
Você criou sua primeira estratégia de vida, e por consequência, sua primeira estratégia financeira antes da “idade da razão”, ou seja, antes dos 7 anos. E se você não está contente com sua vida financeira atual, é bem provável que você continue com aquela antiga e infantil estratégia financeira.

Dinheiro se baseia na pura emoção infantil
O critério infantil é emocional e funciona numa escala simples de dois pontos opostos:
Satisfaz ou Não satisfaz
Dá prazer ou Não dá prazer
Você criou seu “modelo” de lidar com o dinheiro sentindo como sua mãe (ou a pessoa que fez o papel de mãe) se relacionava com o dinheiro, através de: sentimentos, gestos, palavras, e principalmente, através dos resultados, se eram satisfatórios ou não para sua própria mãe. Então, diante do “modelo” da relação da mãe com o dinheiro, você inconscientemente ou copiou o modelo da sua mãe ou fez tudo ao contrário. Como a escala infantil é do tipo “8 ou 80”, pode ser que este “modelo” que você criou não esteja mais funcionando, e até esteja atrapalhando sua vida de hoje.
O que está por detrás das estratégias financeiras?
A seguir, alguns “registros” muito comuns que fazem parte dos “modelos” de estratégias financeiras infantis, em ação até a idade adulta de grande parte da população brasileira:

Dinheiro é difícil de ganhar.
Com dinheiro não se brinca.
Dinheiro é para comprar só o necessário. Economize e não gaste. Guarde para o futuro.
Dinheiro é sujo.
Dinheiro não traz felicidade.
Dinheiro não nasce como capim.
Deus só gosta dos pobres. Os ricos vão para o inferno.
Tem que economizar. Tem que pensar no futuro. Comprar só o mais barato e o essencial.

Lembro da tristeza da minha mãe por não ter dinheiro suficiente. A grande dificuldade dela e o tanto que trabalhava para ganhar tão pouco.
Através de critérios totalmente individuais e inconscientes, a criança reage emocionalmente copiando ou fazendo tudo ao contrário destes “registros”, que estão vivos e atuantes em todo o sistema nervoso do adulto. Por isso, com a mesma mãe servindo de “modelo” os irmãos criam estratégias de vida independentes e únicas. É comum irmãos se surpreenderem do quanto são diferentes entre si, a partir de um único ponto, o “registro” do dinheiro.

Como atualizar minha Estratégia Financeira?

Estamos no século 21, iniciando a 3a Revolução do Dinheiro, que virou impulso eletrônico. E se você quer se atualizar, hoje é possível, com a utilização de técnicas associadas de diversas áreas do conhecimento: bio-psicologia e fisiologia emocional, neurolinguística, cultura e sociologia, economia e informática. Através de um profissional habilitado, você será conduzido até à situação de criação do seu “modelo” de estratégia financeira, tomará consciência dele, e então poderá deletá-lo, abrindo espaço para um novo modelo, atualizado para o mundo econômico de hoje, com todas as facilidades que não existiam naquela época. Boa Sorte!

Glória Maria Garcia Pereira – Consultora de Riqueza, gloria.pereira@sinergianet.com.br

2 Comentários

  • Luciene

    Caro Lincoln
    Estratégias financeiras,implicam em mudanças de hábitos, e isto não é uma tarefa fácil.
    Precisamos de muita determinação, informação e especialmente muita paciência, porque leva algum tempo para alcançarmos bons resultados.
    Espero que possa contribuir de alguma maneira .
    Até mais.
    Luciene

  • LIncoln Sena

    Verdade, eu falo por mim…nunca tive o habito de guarda dinheiro, minha filosofia sempre foi desfruti hj, amanhã agente ver depois…
    preciso de uma estratégia financeira…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *