Dica da Lu,  Educação Financeira Crianças

Presente dia das crianças

Assisti várias reportagens sobre o dia das crianças, e na sua maioria o que mais abordaram foi o quesito presente. É claro, o dia da criança existe para se presentear, certo?
Enquanto eu assistia as reportagens fiquei com a sensação de que era praticamente impossível passar esta data sem presentear. As pessoas que vi sendo entrevistadas aparentavam ser de classe social baixa, e diziam que iriam comprar uma média de cinco presentes. Fiquei com cara de besta.
Acontece que minha filha tem apenas 3 meses, e não me passou pela cabeça, comprar qualquer coisa.

O motivo de passar esta data sem presente, não foi exatamente para economizar, eu não pensei no dinheiro por si só, achei que por ser um bebezinho e não estar precisando de nada no momento não haveria necessidade de compras.

 

É verdade que eu não sou o tipo de pessoa que tem grande prazer em presentear, eu realmente não dou tanta importância para isto, mas confesso que ao ver pela tv pessoas dando seus depoimentos sobre a quantidade de presentes que comprariam, me senti esquisita, um pouco fora do padrão (de consumo).
Bem, estou aqui comentando sobre presentear ou não a minha filha e realmente nem pensei em comprar qualquer coisa para outras crianças da família, como meus sobrinhos por exemplo. Será que eu sou normal?
Quem sabe no próximo ano revejo esta data com mais atenção, talvez posso agradar crianças que vivem em abrigos por exemplo.
E, quanto ao fato de estar fora do padrão, acho que estou mesmo, e isto não me incomoda, mas incomoda muita gente. Porem  se não fosse assim, não faria sentido a existência do blog O DINHEIRO É MEU.
Fico por aqui, um abraço e até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *